Notícias botânicas sobre o #protestopoa

Nota à imprensa #2

Inconformadas com o fim dos protestos populares na capital gaúcha, querência amada, diversas árvores resolveram tomar
para si a dianteira das manifestações abandonadas pelos residentes daquela bonita localidade. Incorporando gestos tresloucados e extremados como o suicídio arbóreo e assim evitando a intervenção prévia dos técnicos ambientais do município (onde está esse pessoal afinal?) ou a decapitação programada pelos mandatários aldeães, famosos por chacinar vegetais enfileirados e impertinentes, as árvores decidiram programar uma série de incursões visando alarmar os transeuntes locais. Preocupações preocupantes de imediato são levantadas nas reuniões e amontoados de gente por aí. Publicitários e cinegrafistas comentam se, até o Natal, restará uma sequer em pé para edulcorar as tradicionais e aguardadas propagandas de supermercado. Jornalistas locais tentam averiguar nas redes sociais (vai querer que eles se misturem ao populacho?) se há um correspondente Bloco de Lutas organizando as manifestações e tentam identificar se há algum tipo de orientação anarquista no autodeclínio das plantas. Estadistas e polícia já teriam expedido mandados de busca e apreensão na expectativa de descobrir a espécie de literatura que anda inspirando as baderneiras criaturas (sim, árvores são seres vivos) e aquela parte da demografia que preza muito exercitar as panturrilhas, mas desde que no exterior, finalmente parece ter-se importado em saber onde é que estão as tais árvores. Vê-se que a comoção é geral. Rumores espalhados pela rádio-sabiá-da-madrugada têm informado que os vegetais planejam intensificar as manifestações com vandalismo. Estaria claro para elas que só o suicídio não tem sido o suficiente. O efeito mesmo só é notado ao cair na cabeça de alguém, pessoa física, já que com esse patrimônio público ninguém mais parece preocupado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s